Fazenda de likes: vale a pena investir?

Talvez você já tenha clicado em um perfil e pensado: “Caramba! 30 mil seguidores, mas, na postagem só tem 100 curtidas”. E não, dessa vez não podemos culpar as redes sociais por conta de algoritmos ou qualquer coisa similar. As “Fazendas de Likes” – como são chamadas -, foram originadas na China e Rússia, e depois de repercutirem, dominaram o mundo.

As “Fazendas de Likes” funcionam da seguinte forma: o proprietário da conta paga determinado valor para em troca receber seguidores e com isso “bombar” sua rede social. Nestes locais há centenas de celulares ligados durante 24h com o intuito de apenas curtir. Esse tipo de mecanismo não se limita ao Instagram, isso pode ser usado em qualquer site de redes sociais.

Vale a pena?
Querido leitor, quero ser muito sincera com você e te afirmar com todas as letras: não caia nessa. Que me perdoem os donos das fazendas ou os usuários que já adquiriram algum pacote. Mas, se você é um empresário e quer usar suas redes sociais para conquistar clientes, não vale nem um pouco a pena comprar seguidores.

A compra permite que você tenha várias pessoas te seguindo, certo? Só que antes de tudo, queria lembrar que os perfis que passam a seguir sua página são falsos. São contas criadas apenas com o intuito de curtir, ou seja, não há pessoas por trás interessadas no que é publicado, é tudo mecânico.

Não adianta ter 10, 20 ou 100 mil seguidores falsos se seu perfil não gerará lucros para você. Os cliques gerados te deixaram com a fama de popular, mas do que vai valer o esforço de manter uma página se o público que está alí não vai lhe dar lucro? Ao invés de investir em uma “Fazenda de Likes”, busque investir em link patrocinado e ferramentas de marketing – que inclusive, já falamos aqui no site -, que irão lhe ajudar a se destacar entre a concorrência de forma positiva. Lembre-se: nem sempre a forma mais fácil é a que trará mais benefícios.